Blog

Desafios de branding no mundo pândemico e pós-pândemico


Desafios de branding no mundo pândemico e pós-pândemico

Você entende como o cenário de incertezas trazido pela pandemia do coronavírus afeta o branding das empresas?

Isso é extremamente importante, pois a gestão da comunicação e do marketing pode gerar crescimento nas vendas neste contexto complexo que envolve crise sanitária, recessão econômica, isolamento social e inumeráveis perdas de vidas.

Os profissionais precisam estar atentos, pois não é possível pensar em branding ou marketing sem relacionar os objetivos da empresa com esta situação econômica que envolve restrições de consumo e, como consequência, redução orçamentária.

Neste momento, o desenvolvimento do planejamento e o encontro de estratégias de comunicação devem usar o máximo de criatividade e conseguir estabelecer os princípios de crescimento da empresa.

Conheça os 8Ps do Marketing Digital: o novo Mix do Marketing

O que é branding?

De forma resumida, podemos dizer que o branding é a estratégia de posicionamento de uma marca em seu segmento de mercado, ou seja, é um conjunto de ações que transmite a identidade da marca, seus valores e propósitos, visando criar conexões com o seu público-alvo e tornar a marca mais desejável para os clientes.

As tendências de mercado do branding evoluem e devem sempre acompanhar de perto a movimentação do público e do cenário no contexto em que a marca está inserida. E aí é que o branding se torna estratégico nesta nova realidade.

O mundo pós-pandêmico trará seu próprio conjunto de desafios e mudanças, muitos dos quais não podemos imaginar agora. Mas, embora não possamos antecipá-los, certamente podemos estar mais bem preparados com base no que vimos durante a pandemia.

As sugestões a seguir podem ajudar a guiar um pouco suas estratégias de branding na pandemia, para abordar os novos segmentos de seu público e os novos públicos potenciais que podem surgir com a nova normalidade:

Marketing digital: o que é e por que é importante para a sua marca

Estratégias de branding na pandemia

  1. Vise o lado humano das coisas

Em um cenário onde há tamanha exposição da nossa fragilidade, é mais do que necessário ir além dos dados e tentar tocar o elemento humano. Afinal, mesmo os melhores algoritmos de inteligência artificial nos quais baseamos nossas decisões de negócios são incapazes de compreender verdadeiramente o lado humano das coisas.

A ansiedade, o otimismo, as emoções em torno de tudo o que se passa na vida das pessoas nesses tempos. Uma vez que os sentimentos humanos irão atravessar a nova normalidade, você deve considerá-los em sua estratégia de branding.

  1. Aumente seus laços com a comunidade

Aumentar e fortalecer os laços com a comunidade também é uma forma de repensar a estratégia de branding na pandemia de covid-19, bem como no novo normal. Isso porque a pandemia afetou de forma significativa as comunidades locais, já que as pessoas recorreram às localidades e lojas da vizinhança para atender às suas necessidades.

  1. Defina padrões mais elevados para sua marca

Outra estratégia de branding na pandemia de covid-19, bem como para o novo normal, é definir padrões elevados para sua marca. As preocupações com a saúde e o tratamento do trabalhador certamente estarão na vanguarda das preocupações do consumidor. 

Dessa forma, espere ver o público examinando cuidadosamente suas medidas de saúde e como você mantém seus trabalhadores seguros. Além do mais, você terá que ir além e se comprometer com causas e projetos sociais, mostrando seu envolvimento com sua comunidade e com o bem-estar geral da sociedade.

6 passos para criar um plano de marketing para a sua empresa

O branding deve ganhar a confiança do consumidor

Com o aumento do consumo digital no contexto da pandemia, os consumidores e clientes precisam sentir confiança nas marcas, ter a garantia de que seus produtos serão entregues e seus serviços serão prestados com qualidade e suporte.

Para gerar confiança, as marcas devem alinhar suas promessas e suas entregas, de forma a sempre surpreender seu consumidor com sua competência e qualidade.

Também é interessante promover posturas de apoio e suporte à crise, como manter valores de itens considerados essenciais e tornar claros esses esforços ao público. Nesse momento, o apoio é fundamental para gerar confiança nos consumidores e clientes.

E então?

Você está pronto para manter sua marca relevante e atrativa para o mercado seguindo essas principais tendências de branding para 2021?

Gostou do post? Compartilhe em suas redes sociais!

Fala pra gente! Como podemos ajudar a transformar o seu negócio?

Agendar uma conversa
1